Publicada em 28/01/2019 às 00h00. Atualizada em 28/01/2019 às 15h06

Benefícios do sol: além da vitamina D, ele pode ajudar no bem-estar

A dermatologista Nadjane de Paula explica sobre os efeitos do sol em nosso organismo

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

O sol é uma fonte natural de radiação eletromagnética, capaz de produzir  diversos efeitos biológicos na pele humana, sendo alguns benéficos, como a produção de vitamina D, a ação sobre  o relógio biológico e, também danos, como fotoenvelhecimento e a fotocarcinogênese (processo de indução de neoplasia por exposição à luz). Entre os benefícios psíquicos estão a diminuição da incidência da depressão e o favorecimento do bem-estar.

Os tipos de radiação que existem são a ultravioleta A (UVA), que atinge as camadas mais profundas da pele e o ultravioleta B (UVB) que atinge as camadas mais superficiais e pode ser absorvido mesmo em dias nublados.

VITAMINA D

A produção da vitamina D é necessária para absorção e utilização do cálcio e fósforo no intestino. Sendo um fator preventivo e profilático da osteoporose e da hipocalcemia (deficiência nutricional caracterizada por baixo nível de cálcio no sangue). Aumenta também a imunidade, sendo necessário para  um funcionamento da tireoide e  para a coagulação.

A via natural de  formação de vitamina D é  através da exposição solar, em que ocorre sua conversão na forma ativa  e  aumenta a reabsorção de cálcio nos rins.

A exposição dos  braços e dorso ao sol, por 15 minutos, três vezes por semana, é uma forma efetiva de garantir quantidades adequadas de vitamina D, no organismo. As fontes mais importantes de vitamina D são: óleos de peixe, leite, ovos, salmão, sardinhas,  atum  e  óleos vegetais. 

"...vitamina D é importante para o crescimento ósseo na infância,  para  manter os ossos e dentes saudáveis na fase adulta."

Por regular o metabolismo do cálcio e do fósforo, a vitamina D é importante para o crescimento ósseo na infância,  para  manter os ossos e dentes saudáveis na fase adulta.

A vitamina D  é produzida na pele e liberada no sangue para controlar o metabolismo  ósseo (osso), é derivada do   colesterol e, atualmente, considerada  um hormônio  e não uma vitamina.

SOL: ALIADO DA SAÚDE

Algumas doenças podem ser amenizadas ou evitadas com a exposição controlada ao sol. No caso da psoríase (doença crônica que causa lesões vermelhas ou descamações na pele) e da dermatite atópica, as lesões podem diminuir e até desaparecer, sendo necessário, apenas, expor a área afetada ao sol.

SOL E BEM-ESTAR

Quando decidimos sair de casa para algum momento de lazer, a primeira coisa que observamos é o temp. Se estiver ensolarado, ficamos animados para curtir uma praia, um passeio no parque ou outra atividade ao ar livre com os amigos ou a família. No entanto, é preciso ficar atento para o horário adequado de exposição ao sol (até as 10h e após as 16h) e ao uso do filtro solar que protege a pele contra os efeitos nocivos dos raios solares.

Portanto, momentos de lazer com a família e os amigos, podem ser um aliado, desde que bem dosados e nos horários mais adequados.

O sol também pode ajudar no tratamento da depressão, já que a luminosidade é prejudicial e reduz a produção de melatonina, substância que provoca cansaço e sonolência, considerada uma das causas da depressão.

Compartilhe
Serviços Gratuitos
  • Ambulatório Docente-Assistencial da Bahiana (ADAB)
    Tel.: (71) 3276 8200
    End. Av. D. João VI, 275, Brotas, Salvador, Bahia, CEP. 40.290.000
  • Hospital Universitário Prof. Edgard Santos (HUPES)
    Tel: 3283-8392
    Rua Augusto Viana S/N, Canela, Salvador, Bahia - Cep 40.110-060
 

Redes Sociais