Publicada em 13/03/2019 às 13h20. Atualizada em 13/03/2019 às 14h53

Hidroterapia: o que é e quais os benefícios?

Saiba mais sobre as propriedades terapêuticas da água.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Se "tomar um banho" já é um grande alívio para situações de calor, dor e estresse, imagina quais benefícios uma sessão de terapia na água pode promover. Segundo a fisioterapeuta Alessandra de Cássia Souza da Clínica de Fisioterapia da Bahiana Saúde, a hidroterapia é indicada "para pacientes com problemas ortopédicos, traumatológicos, reumatológicos, neurológicos e cardiorrespiratórios." Confira a entrevista.

iSaúde Brasil – O que é hidroterapia?

Alessandra de Cássia Souza – É o tratamento ou terapia pela água sob a forma sólida, líquida e gasosa, utilizando como fins terapêuticos suas propriedades físicas.

iSaúde Brasil – Qual profissional está capacitado a desenvolver esse tipo de terapia?

Alessandra de Cássia Souza – O fisioterapeuta devidamente regulamentado pelo CREFITO.

iSaúde Brasil – Em quais casos o tratamento é indicado?

Alessandra de Cássia Souza – É indicado para pacientes com problemas ortopédicos, traumatológicos, reumatológicos, neurológicos e cardiorrespiratórios que não estejam dentro das seguintes contraindicações: febre, doenças infecciosas, erupções cutâneas, alterações de sinais vitais, baixa capacidade vital, incontinência fecal e urinária, epilepsia, cardiopatia grave, hipersensibilidade ao cloro, entre outros.

iSaúde Brasil – Quais os principais benefícios?

Alessandra de Cássia Souza – Diminuição da dor, facilitação do movimento, relaxamento muscular, redução do edema, aumento da força e resistência muscular, aumento do bem-estar e da autoconfiança (conforto, interação social e sensação de atividade).

iSaúde Brasil – Quais locais estão aptos a oferecer esse tratamento?

Alessandra de Cássia Souza – Locais com instalações adequadas para deficientes físicos ou com problemas de locomoção, como estacionamento, acesso ao ambiente físico da clínica, piscina e banheiros. A piscina deve ter profundidade que varia de 0,84 até 1,42m e estar aquecida de 30° a 33°, além da necessidade de se ter um profissional capacitado, que é o fisioterapeuta.

iSaúde Brasil – Qual é a diferença entre hidroginástica e hidroterapia?

Alessandra de Cássia Souza – A hidroterapia é um recurso da fisioterapia que utiliza a prática de exercícios terapêuticos em piscina, associada ou não a manuseios, manipulações e massoterapia, configurada em programas de tratamentos específicos para cada paciente. A hidroginástica utiliza a prática de exercícios físicos em piscina orientados pelo educador físico.

iSaúde Brasil – Quais são as regiões do corpo que podem ser trabalhadas através da hidroterapia?

Alessandra de Cássia Souza – Praticamente todas as regiões do corpo.

iSaúde Brasil – Quais são as técnicas utilizadas nos exercícios de aquaterapia?

Alessandra de Cássia Souza – Hidrocinesioterapia (exercícios físicos), Watsu (técnica de relaxamento, alongamentos passivos e mobilização das articulações), Método dos Anéis de Bad Ragaz (técnica que promove o movimento funcional) e Método Halliwick (técnica que utiliza jogos apropriados para finalidades terapêuticas).

Compartilhe

Saiba Mais

     

    Redes Sociais