Publicada em 11/04/2019 às 00h00. Atualizada em 11/04/2019 às 16h15

Qual a origem do Dia do Obstetra?

Aproveite a data para conhecer um pouco mais sobre a atuação desses profissionais que tanto se dedicam e apoiam as mulheres em uma importante fase de suas vidas.

CONTEÚDO HOMOLOGADO Bahiana
Compartilhe

Descobri que 12 de abril é considerado o dia dos obstetras, quando li sobre a vida de São Zenão de Verona, santo protetor dos recém-nascidos, padroeiro das crianças que estão aprendendo os primeiros passos e também dos pescadores.  Zenão nascido na Mauritânia, por volta de 300 d. C., foi bispo da cidade de Verona e faleceu no dia 12 de abril de 371, sendo esta a origem da homenagem. No Brasil, comemoramos também o dia do ginecologista e obstetra em 30 de outubro quando, em 1959, fundou-se a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), a nossa Sociedade Científica. 

"A atuação do obstetra começa bem antes do parto, devendo toda mulher que deseje engravidar, procurá-lo o mais cedo possível para que se possa identificar e sanar prováveis riscos à gravidez e à gestante".

 Classicamente, define-se obstetra, como originado do latim “obstetrix” que é derivada do verbo “obstare”, que significa ficar ao lado. E esta é a função do obstetra, estar ao lado, acompanhando, observando não só o parto como todo o evoluir da gestação. O obstetra é um observador da natureza, acompanhando o milagre do processo reprodutivo, e intervindo quando necessário, procurando assim, preservar a integridade de mãe e filho. A atuação do obstetra começa bem antes do parto, devendo toda mulher que deseje engravidar, procurá-lo o mais cedo possível para que se possa identificar e sanar prováveis riscos à gravidez e à gestante. 

A consulta pré-natal é uma consulta simples e, diferentemente das outras especialidades, não se diagnostica como uma doença que se deva tratar. Esta consulta é, na grande maioria das vezes, preventiva e educativa por excelência. Falar e ouvir, são as mais importantes funções do obstetra. A gravidez representa uma dos momentos de maior ansiedade e de grandes mudanças na vida da mulher e, um diálogo claro, procurando eliminar suas dúvidas e seus anseios é muito importante para o acompanhamento pré-natal.

Infelizmente a escolha do obstetra atualmente é regida pelo sistema de saúde. Procure, sempre que possível, indicações, principalmente entre os familiares e considere a empatia como um fator importante. Seu obstetra vai ser seu cúmplice, seu amigo, participando de um grande momento da sua vida e da formação da sua família. Na hora do parto, nasce uma nova vida e traz consigo o surgimento de uma mãe, um pai, uma avó, um avô, uma tia, um tio, um irmão, uma irmã, enfim uma família. Assim, seu obstetra também passará a fazer parte desta família, sendo este um dos grandes méritos da profissão, o de participar da história de muitas famílias. Hoje faço partos daquelas que vi nascer e trazem consigo uma energia tão intensa, que nos fazem fortes e felizes pelo que fazemos.

Compartilhe
Serviços Gratuitos
  • Ambulatório Docente Assistencial da Bahiana - ADAB
    Unidade de Saúde Multiprofissional
    Tel: (71) 3276-8200
    Rua. D. João VI, nº 275, Brotas, Salvador – Bahia
  • Hospital Geral Roberto Santos
    Tel.: (71) 3372-2999 / 3387-3429
    Rua Direta do Saboeiro s/n, Cabula, Salvador, Bahia, CEP: 41180-780
  • Hospital Universitário Prof. Edgard Santos (HUPES)
    Tel: 3283-8392
    Rua Augusto Viana S/N, Canela, Salvador, Bahia - Cep 40.110-060
 

Redes Sociais